“Esses encontros têm o dom de potencializar nossas lutas e conquistas”, diz Ailton Krenak

1333460388_ailton_krenak__foto_helio_nobre_programa_01

Por Leandro Lopes
Foto: programadoindio.org

Nos dias 21, 22 e 23 de julho, entre 14h e 18h, os assuntos relacionados às temáticas indígenas serão pautas no Festival de Inverno da UFMG. Mais de 15 lideranças, provenientes de diferentes regiões do país, estarão presentes para debater os principais problemas das suas populações e as relações disso com o cotidiano das cidades. As reuniões são abertas e convidativas a todos os interessados no tema. Um primeiro encontro, a Grande Assembleia (Aty Guasu) dos Povos Indígenas no Brasil, no dia 21, segunda-feira, 10h, será aberto a todos sem necessidade de inscrições. Para os demais, é preciso se inscrever.

Ailton Alves Lacerda Krenak será um dos líderes que participará do debate. Ambientalista, escritor, fundador da organização não governamental Núcleo de Cultura Indígena e ex-assessor especial do Governo de Minas Gerais para assuntos indígenas. “Esta função de assessorar o governo tem grandes limitações. Grande parte das ações relacionadas com a pauta da política indigenista é atribuição do governo federal. Por exemplo, a questão fundiária”, lembra Ailton.

Ele terá a questão fundiária e outros muitos assuntos para discutir durante o encontro no Festival de Inverno. “Acho inaceitável que a demarcação das terras indígenas continue sendo motivo para as atrocidades que são cometidas contra os povos indígenas no sul da Bahia, com os Tupinambás, no Mato Grosso do Sul, onde acontece o genocídio Kaiowa-Guarani e no Rio Grande do Sul com as prisões arbitrárias e ilegais de lideranças Kaingang. São abusos que não podemos aceitar”, diz ele quando provocado sobre os grandes problemas das populações indígenas.

Para Ailton, estes encontros, como o que acontecerá no Campus Pampulha pode ajudar a alertar a opinião pública da “realidade gravíssima” em que vive parte da população indígena brasileira “com ameaças de morte recaindo sobre dezenas de lideranças em diversas regiões do Brasil”. Ele acredita que os debates abrem canais para manifestações das ideias e propostas para novas formas de se lutar a favor dos direitos humanos. “Esses encontros têm o dom de potencializar nossas lutas e conquistas e este Festival de Inverno certamente irá chamar a atenção para fatos que estão longe da visão das pessoas que estão engolfadas pela Copa da FIFA”, aponta.

Sejam bem-vindos a discussão em torno da Grande Assembleia (Aty Guasu) dos Povos Indígenas no Brasil! Para se inscrever, acesse: https://46festivalufmg.wordpress.com/inscricoes.

Para conhecer mais de Ailton Krenak, assista: https://www.youtube.com/watch?v=f48HAu0bNPc.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s